Viveiros de Castromil

Como comprar

Estimado Cliente,

Esta informação visa esclarecer as formas e meios disponíveis para poder adquirir as nossas plantas.

As plantas podem ser adquiridas:


1- Presencialmente: "nos nossos viveiros"

a) SELEÇÃO DE PLANTAS: Na altura da visita o Cliente comunica--nos a relação de plantas desejada. Caso o tenha como conveniente, podemos ajudar na selecção das espécies e variedades de forma a que a selecção realizada cumpra o objectivo que o Cliente pretende atingir. Após a selecção, realizamos as etiquetas que acompanham cada planta, permitido assim que o cliente identifique posteriormente as espécies/variedades adquiridas.

b) ARRANQUE E ACONDICIONAMENTO: Com base nas etiquetas supracitadas, é feito de seguida o arranque das plantas do campo. Consequentemente, as plantas chegam á mão do Cliente logo após o arranque, ie, frescas.
Segue-se o melhor acondicionamento e embalagem (sacos plásticos, caixas, filme, etc…) da melhor forma para que possam “viajar” com o cliente. Dado que os nossos 17 hectares são dispersos, se a encomenda for relativamente grande, a mesma pode demorar algum tempo a preparar. Assim, caso o Cliente pretenda, pode fazer-nos chegar a encomenda via telefone, fax ou e-mail, com alguma antecedência, por regra e tipicamente na véspera, para que quando chegar ao Viveiro, seja só carregar.

c) TRANSPORTE: Desde que caibam no meio do transporte do Cliente, as mesmas seguem “na hora”. Caso tal não seja possível, por exemplo plantas de grande porte, as mesmas poderão seguir posteriormente para a morada que nos for informada via transportadora que o Cliente indicar. Os custos de transporte são a cargo do Cliente. A carga das plantas realizar-se-á na data/hora combinada e sempre nas nossas instalações. Caso o Cliente pretenda, estamos á disposição para ajudar a arranjar uma Transportadora.


2- Remotamente: "de casa"

Dado o conforto associado á possibilidade de poder concretizar a encomenda remotamente e receber a mesma na morada pretendida, segue-se uma explicação, de como tudo se processa tipicamente.

2.1 – Encomendas cujas plantas podem ser expedidas via CTT Expresso

Excluindo plantas que ultrapassem os 2mts de comprimento, todas podem seguir por esta via. Esta é a forma adoptada por cerca de 90% dos nossos Clientes particulares.


2.1.1 - Como escolher as variedades?

Através do nosso Catálogo/Lista de Preços (carregar AQUI), poderá efectuar a selecção desejada. Para cada variedade e espécie, favor tomar nota das quantidades pretendidas. Em caso de dúvida ou pretenda a nossa ajuda, agradecemos o contacto telefónico (224333006). É esta a forma mais expedita.


2.1.2 - Como escrever/descriminar a relação de plantas pretendida?

Por exemplo, se pretender receber 4 Macieiras Golden Delicious + 2 Macieiras Porta da Loja + 1 Diospireiro Coroa de Rei + 1 Laranjeira Dalmau + 5 Roseiras Pantera Negra, basta enviar-nos a seguinte descrição, com base na numeração do nosso Catálogo/Lista de Preços:


2.1.3 - Quais os dados a enviar conjuntamente com a encomenda?

- Nome e Morada Completa. Favor não esquecer o código postal completo.
- Contacto telefónico. Cumulativa e preferencialmente o mais expedito (Telemóvel)
- NIF (Número de Contribuinte). Com excepção de se tratar de empresas, este dado é facultativo


2.1.4 - Como enviar a encomenda para os Viveiros de Castromil?

Por Telefone: 00351 224 333 006
Por E-mail: geral@vcastromil.pt
Por Fax : 00351 224 330 274


2.1.5 – Quanto tempo demoram a chegar as plantas?

Tipicamente as plantas são entregues em:

Mais informamos que evitamos o envio de plantas pelos CTT às sextas-feiras ou vésperas de feriados.


2.1.6 - Como são acondicionadas e embaladas as plantas para expedição via CTT?

As plantas, são arrancadas no dia da expedição. Consequentemente, “frescas”.

Previamente conferidas uma a uma, são todas embaladas de forma a garantir as melhores condições de embalagem/embrulho, protecção mecânica, e de acondicionamento/proventos nutritivos.

Seguidamente, cada encomenda é pesada para determinar os custos de portes de envio.

Cada encomenda é expedida no mesmo dia em que as plantas são arrancadas do campo.


1 – Conferir Plantas (uma a uma para cada encomenda)



2 – Acondicionamento de Plantas para expedição



3 – Acondicionamento de Plantas para expedição



4 – Pesagem das encomendas para determinar os custos dos portes



5 – Além da fita industrial, as caixas são amarradas com fio para conferir mais resistência mecânica á embalagem



6 – Aspecto de várias encomendas, devidamente rotuladas e prontas a serem carregadas pelas carrinhas dos CTT



7 – Algumas das encomendas, a pedido do Cliente, seguem por Avião



8 – Carga das caixas/embalagens na carrinha dos CTT


2.1.7- Como calcular o valor total a pagar com a recepção das plantas?

O valor Global é a soma das Plantas, Embalagem e Portes.

Este, Valor Global, só pode ser informado com todo o rigor, após a embalarmos e pesarmos a encomenda.

Ainda assim, conseguimos dar previamente ao Cliente uma estimativa de custos com relevante precisão, porque:

Cientes da necessidade do seu prévio conhecimento por parte do Cliente, o melhor que podemos fazer antes da pesagem é estimar, resultando daí um valor aproximado, não vinculativo, para portes e embalagem.

A título de exemplo, voltemos à encomenda anteriormente referida e estime-se os custos com portes e embalagem para Portugal Continental ou Para as Ilhas (Açores ou Madeira):

Assim estimamos para este exemplo:

Os pesos acima assumidos, são pesos médios e para plantas em raiz nua, modalidade praticada de Outubro a Março para a grande maioria das fruteiras, com excepção dos Citrinos e das Nespereiras (plantas de folha permanente), que por regra seguem sempre em torrão, salvo indicação expressa por parte do Cliente.

IMAGEM9 e 10

Assim, se:


2.1.8 - Como se processa a entrega e o pagamento das plantas?

Caso esteja alguém na morada na data e hora da entrega das plantas, as mesmas são entregues no imediato após pagamento da Factura que as acompanha.

O pagamento poderá ser feito:

Posteriormente e após recebermos o pagamento dos CTT que refere o número da Factura do Cliente, enviaremos para a mesma morada, a do Cliente, o respectivo Recibo.

Caso não esteja ninguém na morada na data e hora da entrega das plantas, é deixado um aviso postal na caixa do correio e o Cliente tem 3 dias para levantar as plantas no Posto de Correios da sua morada.

Também neste caso as formas de pagamento e o processamento do respectivo Recibo, são coincidentes às anteriormente referidas.


2.1.9 - O que deve fazer após ter receber as plantas?

Deverá abrir a caixa/embalagem e caso seja possível planta-las de imediato. Caso não seja possível proceder de imediato ao plantio, deverá abrir a caixa e acondicionar as mesmas num local sombrio e sem vento. As mesmas seguem na embalagem acondicionadas de forma a aguentarem nessas condições vários dias. No limite, entre a recepção e o plantio definitivo, deverá abacela-las, ie, abrir um buraco comum onde coloca as raízes das plantas, cobrindo-as de terra regando abundantemente.


2.1.10 – Notas Finais

Também para que possa conferir, cada planta vai etiquetada. Esta identificação permite a distribuição das mesmas pelo terreno/espaço de plantio de forma mais eficiente/consciente.

Esperamos ter sido suficientemente explícitos, no entanto, caso ainda subsista alguma dúvida agradecemos o seu contacto via telefone.

Se ainda não recebeu as nossas plantas comodamente em sua casa, por favor, ponha-nos à prova.


 

2.2 – Encomendas cujas plantas carecem de formas de expedição “particulares” pelas suas dimensões, pesos, quantidades, etc…

De certa forma, este capítulo, visa dar a conhecer as formas possíveis de expedição/distribuição das plantas que produzimos, multiplicamos e comercializamos.

Nesta Casa, passados mais de 80 anos, ainda nos estribam nos preciosos ensinamentos que também herdamos do saudoso fundador da nossa Casa, Abel Moreira Barbosa.

Desde 1927 que expedimos plantas para Portugal, Europa e África.


Caixas de madeira - Angola e Moçambique - Via marítima - Anos 30.



Atados - Portugal - Via CTT e Caminhos de Ferro - Anos 80.



Caixas de madeira – Angola - Via marítima – Anos 90.



Paletes - Portugal e Europa - Via marítima e terrestre – “Hoje”.



Contentores - Portugal e Europa - Via marítima e terrestre - “Hoje”.



Camiões – Portugal e Europa – “Hoje”



Caixas de cartão - Portugal e Europa - Via CTT (terrestre, marítima e avião) – “Hoje”

Tratando-se de plantas vivas, estamos conscientes que a embalagem e o seu acondicionamento para expedição carecem de cuidados particulares. Destes, também dependem a satisfação do nosso Cliente. Consequentemente o nosso sucesso.

Assim, os Viveiros de Castromil têm na sua prática vários cuidados com a expedição/distribuição de plantas, nomeadamente:

A forma adoptada depende de vários factores, nomeadamente:

Em função dos factores supracitados, assim é eleita a forma mais expedita para envio das plantas, a saber:

Sempre em sintonia e com o aval do Cliente.

Temos dos nossos Clientes a prova da qualidade das nossas plantas e das nossas práticas. Seja pela qualidade das nossas plantas, pela embalagem e respectiva expedição, seja na seriedade de correspondermos, ainda que á distância, aos pedidos/encomendas que os nossos Clientes fazem o favor de nos fazer chegar e confiar.

Não é pelo Cliente nos confiar a encomenda remotamente que deixamos de Servir dentro dos padrões de qualidade que praticamos com o Cliente que nos honra com sua a visita no Viveiro.

Partilhamos, em baixo, alguns desses reconhecimentos:

Citando D.ª Maria de Lurdes Barbosa, filha e seguidora do fundador desta Casa:
"Dá-nos ânimo para prosseguir na rota que herdamos do nosso saudoso Pai e tentamos aguentar a todo o custo. Numa hora em que apenas conta o dinheiro, ser honesto custa e é difícil. Em frente, pois!"

Se ainda não recebeu comodamente as nossas plantas na sua morada, ponha-nos á prova.

Caso necessite de algum esclarecimento ou ajuda, não hesite em contactar-nos.


Com os melhores cumprimentos,
Viveiros de Castromil, Lda.
Desde 1927